URÂNDIA ARAGÃO – NOVA CRIAÇÃO

(foto: Borut Bučinel)

residência artística 18 a 31 de janeiro

Foi em Outubro do ano passado, eu estava a fumar um cigarro à entrada de um prédio, em Beit Jala, na Palestina. Em frente, três miúdos jogavam à bola, do outro lado do muro, Israel. Ele aproximou-se e perguntou: “Já viste o que está ali escrito?” Eu respondi: “Onde?” E ele apontando para o muro, disse: “Abre-te Sésamo”.

O processo de criação de Urândia Aragão decorreu em Portugal, Palestina, República Democrática do Congo, África do Sul, Alemanha, Peru e Eslovénia. Ao longo da pesquisa foi recolhendo histórias e testemunhos pessoais que desvelaram as diversas fronteiras entre os lugares e as pessoas. Partindo de uma reflexão acerca dos direitos humanos e não-humanos, a peça questiona o óbvio através da liberdade de o voltar a imaginar, à semelhança das rimas numa fábula, procura descodificar os enigmas da linguagem e abrir uma passagem… como que por magia!

Direcção Artística: Urândia Aragão
Co-criação e Interpretação: Urândia Aragão e Momar Ndiaye
Colaboração Artística: Borut Bučinel e Chuma Sopotela
Colaboração Dramatúrgica: Rui Catalão
Desenho de Luz: Thomas Walgrave
Assistência Artística: Andrea Brandão
Produção: Alkantara
Co-Produção: Teatro Maria Matos, 1space Project, TAGV, Pensamento Voador
Apoio: Fundação Calouste Gulbenkian
Residências Artísticas: Pact Zollverein – Essen, Yachai Wass – Loreto, Peru; Espaço Alkantara – Lisboa; Teatro Maria Matos – Lisboa, TAGV – Coimbra
Agradecimentos: Ahu Lopez, Marta Fonseca, Luís Pinto, Carlos Oliveira, Léa Rault, Remah Jabr, Adonis Nébié, Ahmed Tobasi, Atta Khattab, Davor Sanvincenti, Zina Zarour, Michel Kiyombo e Ruben Castillejo.

Performance inserida no Ciclo Conceitos e Dispositivos de Criação em Artes Performativas
Apoio direto pontual Direção-Geral das Artes (DG Artes)
Co-produtores Teatro Académico de Gil Vicente / Pensamento Voador
Apoios Câmara Municipal de Santarém, Câmara Municipal de Cantanhede, Galeria de Santa Clara (Coimbra), Instituto Politécnico de Coimbra – Instituto Superior de Contabilidade e Administração de Coimbra, Editora Annablume – Universidade Estadual de Campinas, PACT Zollverien (Alemanha), Alkantara Festival, Centro
de História de Arte e Investigação Artística da Universidade de Évora, Centro de Estudos Interdisciplinares do Século 20 – CEIS20, Teatro Académico de Gil Vicente

Co-produzido por 1Space/Programa Europa Criativa
.